NEY ALERTA PARA AUMENTO DAS MORTES PELA GRIPE A-H1N1 E REFORÇA PEDIDO PARA AMPLIAR VACINAÇÃO DAS CRIANÇAS

Para o Presidente da Frente Parlamentar da Saúde, deputado Ney Leprevost, a elevação do número de mortes causadas pela gripe A-H1N1 no Rio Grande do Sul, de 5 para 7 em menos de uma semana, é mais um indicativo que ampliar a vacinação para todas as crianças em idade escolar no Paraná é imprescindível.

Para Leprevost, não há por que excluir as crianças acima dos dois anos de idade da vacinação gratuita, especialmente pelo Paraná ser um estado com clima frio e úmido, propício para a propagação de doenças respiratórias. O inverno força que os ambientes fiquem fechados, propiciando uma maior propagação dos vírus da gripe.

As crianças contraem com mais facilidade moléstias como a gripe, pois levam qualquer coisa à boca a todo o momento brinquedos, mãos, copos, talheres, chupetas e mamadeiras dos coleguinhas e também acabam colocando a boca em todos os lugares, ampliando os riscos de contaminação e transmissão.

Outro alerta de Leprevost é quanto ao reforço dos hábitos de higiene da população, tais como lavar as mãos antes e depois de usar o banheiro, tossir na manga do casaco e sempre que possível higienizar as mãos com álcool.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − oito =