Ney Leprevost cobra do Governo remédios para pacientes que estão em desespero

O deputado Ney Leprevost protocolou hoje, sexta-feira, 26, na Casa Civil, expediente solicitando a liberação urgentíssima do medicamento Tobramicina, que combate a infecção pulmonar por via inalatória.
Leprevost, que é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, esteve reunido com Sérgio Sampaio, da Associação Brasileira de Assistência a Mucoviscidose, que fez um alerta de que pelo menos 60 portadores de Fibrose Cística, estariam dependendo de uma assinatura do governador para ter acesso ao medicamento. Sampaio também expôs o drama dos pacientes que sofrem de Hipertensão Pulmonar Arterial e que necessitam do medicamento Bosentana para dilatar os vasos da artéria pulmonar.
A falta deste remédio, que está sendo negado administrativamente pela Secretaria Estadual de Saúde, pode levar à morte, já que a doença é progressiva e o substitutivo que está no protocolo do Ministério da Saúde não é eficaz para todos os casos.
Viemos pedir socorro ao deputado porque sabemos que ele se preocupa com a saúde, afirmou Márcia de Paula e Souza Lima, que representa os portadores de Hipertensão Pulmonar.
Existe na Secretaria de Saúde um Protocolo de Diretrizes Terapêuticas para a Hipertensão Pulmonar Arterial, o Governo deveria acatá-lo. Quanto à Fibrose Cística, o processo está na Casa Civil e tem que tramitar com urgência. São vidas humanas que estão em jogo. Precisamos sensibilizar as autoridades, afirma Ney Leprevost.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 5 =