NEY LEPREVOST HOMENAGEIA FAMILIAS ITALIANAS QUE FUNDARAM SANTA FELICIDADE

Em comemoração aos 135 anos da comunidade italiana em Santa Felicidade, a Assembléia Legislativa, por  proposição do deputado Ney Leprevost, prestou homenagem, nesta terça-feira,  a tradicionais famílias italianas que fundaram  o bairro de Curitiba. A seleção dos nomes foi feita pela da Comissão  da  Comemoração dos 135 anos, que é presidida  Paulo Cézar Pereira (o Pereirinha) que fez  um trabalho de pesquisa das várias gerações de famílias que vieram para aquela região. O ponto de partida para identificação dos nomes  foi o livro do centenário da imigração italiana. Durante a solenidade desta terça-feira, a mesa foi composta, além do deputado Ney Leprevost, por: Paulo Cezar Pereira , presidente da Comissão 135 Anos de Santa Felicidade; padre Claudio Ambrozio, pároco da Igreja São José(Santa Felicidade);vereador Ademir Manfron; Louvanir Menegusso, prefeito de Campo Magro;Flora Madalosso, representando os empresários de Santa Felicidade; Ana Moro, presidente da Associação do Comércio e Indústria de Santa Felicidade (ACISF) e o deputado Adelino Ribeiro, primeiro secretário da sessão.
Leprevost, lembrando um pouco da história, cita que  o bairro Santa Felicidade, um dos bairros mais tradicionais de Curitiba, é conhecido como um pedaço da Itália na capital paranaense. Ao longo de sua formação histórica recebeu um grande número de imigrantes vindos do norte do país europeu. E enfatiza: Enquanto esperavam a primeira colheita, em novembro de 1878, chegou uma leva de imigrantes italianos que se estabeleceram  numa região que atualmente corresponderia aos bairros Cascatinha, Santa Felicidade, Butiatuvinha, São João e Lamenha Pequena, estava então formado a Colôniade Santa Felicidade.
Atualmente a gastronomia faz despontar a fama de Santa Felicidade pois seus ótimos restaurantes servem milhares de pessoas todo dia. Andando pelas principais ruas do bairro o visitante encontra  vinícola, lojas de móveis e artesanatos diversos e ali também estão muitos de seus restaurantes, o pavimento em pedras rústicas, as casas em estilo colonial aliado ao animado temperamento de seus moradores, criam um clima charmoso e muito agradável.
FAMÍLIAS HOMENAGEADAS
São as seguintes as famílias homenageadas de acordo com pesquisa feita pela Comissão  da  Comemoração dos 135 anos presidida  Paulo Cézar Pereira (o Pereirinha):Affornalli,Alberti,Alessi,Anzolin,Bacalfi,Baron, Basso,Bazani,Benato,Bernardi,Bertapelle,Berti,Bertolli,Bonato, Bosa,Boscardin,Botega,Bottega,Braganholo,Brandalise,Breda, Brotto,Bucco,Budel,Buturi,Caliari,Casagrande,Cecchetto,Ceronato,Chagas Lima,Colodel,Comparin,Cortese,Costa,Costantin,Culpi,Cuman,Cumin,Dal Santo,Dalla Stella,Dallabona,Dallalibera,Dallarmi,Dallarosa,Dalzoto,Danker, Darú,Decarli,Durigan,Ercole,Ferrarini,Ferro,Ferronato,Festa,Fiori,Fogiato, Foltran,Fontana,Fraccaro,Franceschini,Frasson,Gabardo,Galli, Gardaro,Garzaro,Gasparin,Giacomelli,Giacomitti,Giareta,Giareta,Giusti,Gnata,Gobbi,Golin,Granato,Grande,Gualdezi,Lattini,Leonardi,Lorenzetti,Lovato,Lucca, Lugarini,Madalosso,Maestrelli,Maestrelo,Manfron,Manosso,Mansur, Marchesini,Marioti,Matio,Mazzarotto,Menegoto,Menegusso,Micheleto,Milani, Miola,Mion,Miranda,Mocelin,Moleta,Molinari,Murara,Muraro,Nappa,Paganetti, Pansarin, Paolin,Parise,Parodi,Paulin,Pegoraro,Perucci,Peruci,Pianaro, Pietrobelli,Pizzato,Poletti,Poletto,Puglia,Ravanello,Rizzetto,Sandri,Sartori,Scabia, Scaramelio,Scorsin,Segala,Simeoni,Simoneto,Slompo,Smanioto,Stella,Stival, Strapasson,Tabarin,Taliaro,Tessari,Toaldo,Tomasi,Toresin,Travensoli,Trevisan,Tulio,Vale,Valente,Valle,Vendramin,Veuzon,Vieira,Villanova,Volpato,Volpe, Wolf,Zambon,Zampieri,Zanotto,Zanzovo,Zaramella,Zardo,Zem,Zen,Zilio, Zilio,Zilioto e Zonato.
Também foram homenageados os integrantes da Comissão 135 Anos de Santa Felicidade e da Paróquia São José de Santa Felicidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =