NEY LEPREVOST: LEI DE INCENTIVO VAI GARANTIR R$ 25 MILHÕES A MAIS POR ANO PARA TRAZER AS CRIANÇAS PARA O ESPORTE E AFASTÁ-LAS DAS RUAS

O deputado Ney Leprevost (PSD), presidente da Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa, reuniu o setor de esportes paranaense esta manhã, para mais uma rodada de discussão da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

Do secretário de Estado do Esporte, Evandro Roman, Leprevost ouviu que, com a nova Lei de Incentivo ao Esporte, o Paraná vai ter mais R$ 25 milhões por ano para investir no desenvolvimento dos atletas do estado. Você planta um atleta hoje, mas só vai colher em 10 anos. Estamos atrasados sim, perdemos tempo sim, mas uma hora temos que começar. Quando este trabalho de parceria entre o Poder Legislativo e o Poder Executivo terminar, em breve o Paraná terá a melhor lei de incentivo deste país, declarou Roman, que ainda está promovendo uma série de audiências públicas pelo estado a fim de coletar mais subsídios.

Ney estima que em no máximo 60 dias a lei seja votada. A infância e a juventude do Paraná têm pressa na aprovação desta lei. Está comprovado que o esporte mantém as crianças na escola e afastadas das drogas. E os empresários que pagam seus impostos muitas vezes desconhecem que podem ajudar o esporte destinando uma parte do imposto devido. Contamos com a ajuda dos contadores, contabilistas e administradores financeiros para estimular o empresariado paranaense a contribuir com a lei assim que ela for promulgada. As crianças paranaenses vão agradecer, avaliou Ney.

Além do secretário Roman, estiveram presentes dois representantes da Secretaria de Estado da Fazenda; os deputados Mara Lima, Leonaldo Paranhos, André Bueno e César Silvestri Filho; bem como inúmeros dirigentes de federações esportivas de todo o Paraná e um representante da Confederação Brasileira de Canoagem. Atletas e para-atletas também vieram contribuir.

De acordo com Ney, a pluralidade dos participantes enriqueceu o debate, que recebeu sugestões bastante pertinentes do Presidente da Federação Paranaense de Golfe, o advogado Mauro Guimarães, no tocante à desburocratização do processo que destina parte do imposto devido ao estado no caso, o ICMS para ser aplicado no esporte. Os técnicos da Secretaria da Fazenda presentes à reunião prometeram simplificar os procedimentos ao máximo.

Experiência bem-sucedida em Curitiba: quando vereador, Ney Leprevost foi o autor da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, que comemora 10 anos de existência e já beneficiou quase vinte mil atletas curitibanos. Foi gratificante ver a ginasta Daiane Amaral voltar dos Jogos Pan Americanos de Guadalajara de 2011 ostentando duas medalhas de ouro e uma de bronze no peito. Daiane é uma atleta curitibana beneficiada pela nossa lei municipal. Com a lei estadual, certamente teremos mais histórias como esta para comprovar que, quando uma lei é boa para todos, ela pega, declara Ney.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =