Ney Leprevost pede investigação do TCU sobre desvio de dinheiro do Fundo de Saúde para o MST

O deputado Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde, enviou expediente ao Tribunal de Contas da União pedindo uma investigação rigorosa sobre quatro convênios do Ministério da Saúde.

Um dos contratos repassou dinheiro do Fundo Nacional de Saúde, em 2005, para a Associação Nacional de Cooperação Agrícola (ANCA), ligada ao MST. A ANCA não comprovou ter gasto o dinheiro do Fundo em mobilização comunitária e está sendo considerada inadimplente.

Os outros acordos foram assinados pela Secretaria Executiva do Ministério da Saúde e beneficiam o Instituto Técnico de Estudos Agrários e Cooperativismo (ITAC), também inadimplente e ligado ao MST.

 É um absurdo tirarem o dinheiro que deveria ser destinado ao atendimento médico e hospitalar das pessoas mais carentes para destiná-lo, através de artifícios burocráticos, a um movimento político/ ideológico como o MST, afirma Ney Leprevost.

Espero que o Tribunal de Contas seja rigoroso nesta questão; pois tem gente morrendo em filas de hospitais neste país devido à falta de recursos para saúde, diz o presidente da Comissão

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =