NEY LEPREVOST PROPÕE DIAGNÓSTICO PRECOCE DA “SÍNDROME DE X –FRÁGIL”

Via Assessoria de Imprensa

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual de Saúde e Cidadania, apresentou na Assembleia Legislativa do Paraná projeto de lei propondo a gratuidade da realização do exame Teste Molecular de DNA em recém-nascidos e crianças de até um ano e meio de idade no Paraná.

Segundo Leprevost, a coleta do DNA será realizada na sala de parto ou no berçário. O exame será certificado com anotação na carteira de vacinação da criança, e caso seja apontada alguma alteração que indique a presença da Síndrome do X-Frágil, os pais serão avisados e a criança encaminhada para o tratamento adequado.

De acordo com Leprevost, este tipo de Síndrome não tem cura e deve ser tratado de maneira correta. Ou seja, o quanto antes for descoberta, mais cedo se inicia o tratamento. Se for descoberta precocemente, a criança pode ter auxilio de terapeutas ocupacionais, neurologistas e fonoaudiólogos, disse.

O X Frágil pode ser considerado uma doença genética, que ocasiona problemas de comportamento e atraso no desenvolvimento das crianças. Por esta razão é que o diagnóstico precoce da doença e medidas preventivas são considerados os melhores tratamentos. A proposta foi sugerida a Leprevost pelo médico Rui Pilotto.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 15 =