Comissão de Saúde cobra do Ministério ajuda para pacientes com leucemia

O deputado Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa, está preocupado com os pacientes que recebem tratamento para leucemia crônica no Hospital de Clínicas. Esta semana o diretor do hospital revelou que o H.C. não tem como arcar com os altos custos da medicação e que no dia 31 de maio expira o contrato do hospital com o Ministério da Saúde, referente ao repasse da verba para compra do medicamento.

 O medicamento Glivec é produzido pelo laboratório farmacêutico Novartis e tem um custo mensal que varia de R$ 4.392 a R$ 6.588 por paciente, dependendo da dose necessária. Para tentar resolver o problema, o reitor da UFPR, Carlos Augusto Moreira Junior, apresentou esta semana a situação ao Secretário-executivo do Ministério da Saúde.

 Para ajudar a sensibilizar o Ministério,  o deputado Ney Leprevost encaminhou um documento oficial da Assembléia Legislativa, expondo a situação e fazendo um apelo em nome da Comissão de Saúde para que os doentes não tenham seu tratamento interrompido. “Saúde tem que ser prioridade do governo”, afirma Leprevost.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *