“Investir na criança é investir no futuro do País”, diz o secretário Ney Leprevost

Programa Criança Feliz tem 15 novas adesões no Paraná e ganha apoio da Pastoral da Criança

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) promoveu nesta terça-feira (09/05) o primeiro Encontro Estadual do Programa Criança Feliz Primeira Infância SUAS. “Investir na criança é investir no futuro do País”, disse o secretário Ney Leprevost aos prefeitos, técnicos, gestores municipais e escritórios regionais presentes ao auditório do Palácio das Araucárias.

“O programa vai ajudar as famílias, principalmente as mais pobres, no estímulo do desenvolvimento das crianças em seus primeiros anos de vida, quando surge a maior parte das suas competências, e também na segunda infância”, disse Leprevost. O programa foi reativado, no Paraná, por Leprevost no início da gestão governador Ratinho Junior.

O arcebispo de Curitiba Dom José Peruzzo, anunciou durante o evento que a Pastoral da Criança vai apoiar ao programa Criança Feliz, unindo forças para atender com qualidade o maior número de crianças. “A criança tem que ser tratada com ternura, afeto, sensibilidade e competência. Se for assim, até Deus nos dará um grande abraço de gratidão”, disse.

O coordenador do Criança Feliz no Paraná, Carlos Bostelmann, anunciou 15 novas adesões ao programa, afirmando que seu objetivo é levar este benefício aos 213 municípios elegíveis do Paraná. “Vamos inovar utilizando a parceria entre governo, sociedade e universidades”, afirmou.

Um dos municípios a aderir hoje ao programa é General Carneiro, localizado no extremo sul do Paraná, com apenas 13 mil habitantes. “Temos um IDH muito baixo. Qualquer ação modifica a vida da população”, disse o prefeito Luís Otávio Geller Saraiva, que possui 50 crianças já cadastradas para fazer parte do Criança Feliz.

Já a prefeita Luciana Teixeira, de Agudos do Sul, é uma grande entusiasta do programa. Integrada ao Criança Feliz desde 2017, atende 300 crianças somente com os recursos repassados pelo Governo Federal. “Fomos o primeiro município da Região Metropolitana a aderir ao programa e, além do que prevê o protocolo do Criança Feliz, conseguimos incorporar as crianças em todos os programas sociais da Prefeitura, criando uma grande rede de proteção e atenção”, explicou ela.

O prefeito Edson Vieira Brene, de Bela Vista do Paraíso tem 100 crianças atendidas no Criança Feliz desde 2016. “Este é um programa muito bem aceito pela população, porque beneficia crianças em situação de vulnerabilidade”, disse.

O evento contou ainda com palestra do consultor técnico Paulo Sérgio Aquino do Ministério das Cidades, que explicou o funcionamento do programa e a importância da integração com outras políticas públicas setoriais.

O que é – Lançado em 2016, o programa Criança Feliz é uma iniciativa do Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania para ampliar a rede de atenção e o cuidado integral das crianças na primeira infância. O programa, tirado do papel nessa gestão da Sejuf, se desenvolve por meio de visitas domiciliares com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, buscando envolver ações de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.

(Via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *