Procon-PR orienta consumidor aos golpes de clonagens de cartões e de contas correntes por SMS

Consumidores estão sujeitos a novas modalidades de golpes a todo instante e devem ficar atentos a mais uma farsa identificada no mercado. Além da internet, os golpistas utilizam celulares para cometer fraudes. Para evitar que o consumidor caia nesse tipo de armadilha, o Procon-PR sugere algumas dicas que podem ser adotadas contra os golpes por mensagens SMS.
 
O golpe consiste em uma mensagem direcionando para algum link “fake” de agência bancária, pedindo que a pessoa recadastre seus dados pessoais e bancários – caso contrário sua conta corrente seria cancelada ou bloqueada. “O link remete a um site falso onde pede que sejam inseridos dados pessoais para possível clonagem do cartão, por isso o consumidor deve ficar muito atento. Os bancos não se comunicam por mensagem pelo celular. Se desconfiar de algo, denuncie à Delegacia do Consumidor. A distração ou ingenuidade podem fazer com as pessoas caiam em golpes que venham prejudicá-las”, comenta a chefe do Procon-PR, Claudia Silvano.
 
A preocupação do secretário da Justiça, Família e Trabalho do Governo do Paraná, Ney Leprevost, é de sempre orientar e preservar o consumidor sobre os riscos, para que eles não caiam em golpes. Mas caso contrário, se for necessário, ele deve fazer um reclamação no Procon-PR e denunciar o crime na Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon). “Alertar e orientar é preciso, sempre temos que manter o consumidor atento à garantia de seus direitos, conforme o que defende o Código do Consumidor”, reforça Leprevost.
 
SERVIÇO
Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor
Rua Desembargador Ermelino de Leão, 513 – Centro – Curitiba
Fone: 3883-7100 | e-mail: delcon@pc.pr.gov.br
 
(Via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *