Secretaria da Justiça discute papel da mulher idosa e cuidadora em tempos de pandemia

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho realizou na quinta-feira (28), uma live para discutir, via web, o papel da mulher idosa e cuidadora na sociedade e em tempos de COVID-19, bem como o excesso de atribuições, a saúde física e emocional e o cuidado de quem cuida. “A abordagem teve como propósito a perspectiva humanizadora do afeto dessa mulher para si e a escuta de experiências para o aprendizado”, explicou o secretário Ney Leprevost, agradecendo as 1,3 mil visualizações, 167 comentários e 3,1 mil pessoas alcançadas durante a transmissão online.

A live, intitulada “Quem é ela? Mulher. Idosa. Cuidadora” é a segunda ação da campanha VIDAS 60+ Eu protejo, eu respeito, uma iniciativa do Departamento da Política da Pessoa Idosa em consonância com o Conselho Estadual dos Direitos do Idoso – CEDI/PR, com o objetivo de pensar o direito à vida da pessoa idosa, um cuidado humanizado e a preservação de memórias vivas, em tempos de pandemia.

A chefe em exercício do Departamento da Política da Pessoa Idosa, Adriana Santos de Oliveira foi a mediadora do tema, na live que contou com a presença do médico geriatra Marcos Cabrera (Universidade Estadual de Londrina), professora Rita de Cássia da Silva Oliveira (Universidade Estadual de Ponta Grossa) e o presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso, Jorge Nei Neves que ressaltou a importância da participação social da população na discussão de uma sociedade para todas as idades.

(Via #Equipe) #RatinhoJunior #NeyLeprevost

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *