Aprovado projeto de Leprevost que visa combater pedofilia e lavagem de dinheiro através da internet

Projeto do deputado Ney Leprevost, estabelecendo a obrigatoriedade de cadastramento e adoção de sistema de monitoramento por câmeras para identificar usuários de estabelecimentos de acesso público à internet, foi aprovado nesta segunda-feira, em segunda discussão, pela Assembléia Legislativa do Paraná. Este projeto recebeu apoio de diversas autoridades da área policial e judiciária. Os crimes de pedofilia e lavagem de dinheiro, entre outros, tem sido cometidos através destes estabelecimentos. Se nossa lei for sancionada pelo senhor governador, ficará mais fácil para a polícia a identificação dos autores destes crimes e, por outro lado, os proprietários de lan houses e cibercafés ficarão protegidos de uma culpa que poderia ser imputada aos mesmos, caso não exista cadastramento, afirma Ney.

A internet ainda está muito carente de regulamentação no Brasil. Este projeto é um avanço. Com o nome do usuário e o respectivo IP da máquina utilizada, ficará muito mais fácil identificar e punir os crimes cibernéticos, afirma o delegado Ademir Gonçalves, da Polícia Federal.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − sete =