LEPREVOST PROPÕE A CRIAÇÃO DE UM BANCO DE DNA DE CRIMINOSOS

O deputado Ney Leprevost encaminhou ontem ao Secretário de Estado de Segurança Pública do Paraná, delegado Reinaldo de Almeida César, documento propondo a criação de um banco de material genético (DNA ácido desoxirribonucléico) dos indivíduos que cometem crimes contra a vida e/ou crimes contra a dignidade sexual.

 Com esta iniciativa tenciona-se auxiliar na identificação de criminosos, por meio da comparação de materiais genéticos como sangue, amostras de pele, cabelo e pêlos humanos colhidos em cenas de crimes. Tais informações podem contribuir na identificação de suspeitos que já praticaram crimes e interligar os que forem cometidos pela mesma pessoa.

 A investigação criminal em nosso estado seria amplamente beneficiada com este instrumento de combate à impunidade, resume Leprevost.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =