Ney Leprevost coloca Força Tarefa Infância Segura na prevenção ao vape

Preocupado com o bem estar das crianças paranaenses, o deputado federal licenciado, Ney Leprevost, atual secretário de Justiça, Família e Trabalho determinou a Força Tarefa Infância Segura a elaboração urgente de uma campanha preventiva sobre os perigos dos cigarros eletrônicos e outros dispositivos vaporizadores, chamados de vape.

Estudos apontam que o surgimento desses dispositivos contribuiu para aumentar a exposição dos adolescentes à nicotina.

Os pais têm que ficar atentos pois quem usa cigarro eletrônico fica dependente.  A nicotina, frequentemente usada nos vaporizadores, confere uma série de riscos à saúde dos adolescentes, incluindo anormalidades no desenvolvimento do hipocampo e do córtex cerebral.

Segundo alguns estudos, os jovens que usam o cigarro eletrônico passam a fumar o cigarro convencional em poucos meses.

“O cérebro ainda em desenvolvimento das crianças e dos adolescentes os deixa mais vulneráveis aos efeitos da nicotina e de outras drogas”, disse Ney.

De acordo com especialistas, os líquidos comercializados para vaporização contêm propilenoglicol ou líquidos derivados de glicerina vegetal com nicotina, substâncias saborizadoras, metais e outros produtos químicos. Já os líquidos de sabor doce têm uma quantidade maior ainda de produtos químicos.

(Via assessoria de imprensa)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *