Diminuição de leitos no Paraná preocupa Comissão de Saúde

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Ney Leprevost, alerta para o problema que está acontecendo nos Hospitais do Paraná, em que milhares de leitos de internação estão sendo fechados por falta de recursos para manutenção.
O Estado perdeu mais de 1.500 leitos de internação nos hospitais, entre os anos de 2005 e 2009, devido aos altos custos de manutenção dos internamentos, com equipamentos e mão-de-obra.
No Paraná, dos 26.793 leitos de internação existentes no ano passado, 6.512 eram exclusivamente públicos e 20.281 localizados em hospitais particulares com alguns serviços credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS).
No Brasil, apenas 35,3% dos leitos de internação estão no SUS, sendo o restante no privado. Embora maioria, o setor privado é o que mais está desativando leitos. Segundo a diretora de assistência do Hospital de Clínicas (HC), Mariângela Honório Pedroso, o fechamento de leitos em hospitais privados é preocupante. As operadoras de saúde estão remunerando cada vez menos os profissionais e não temos recursos para investir em equipamentos, afirma.
Estamos protocolando emendas parlamentares para diversos hospitais do Paraná, inclusive para o HC. Mas este é apenas um paliativo para amenizar o problema. A solução para a falta de recursos  em saúde está na aprovação da emenda 29, afirmou Ney.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =