Ney defende paranaense para o Supremo Tribunal Federal

Deputado acredita que, com uma mobilização do estado, o jurista Luiz Edson Fachin possa ser indicado ao cargo de ministro do STF

O deputado Ney Leprevost ocupou a tribuna do plenário da Assembléia Legislativa do Paraná, nesta quarta-feira (9), para declarar seu apoio à proposta do governador Roberto Requião de candidatar o jurista paranaense Luiz Edson Fachin ao posto de ministro do Supremo Tribunal Federal. 
 
Segundo o parlamentar, o estado precisa unir forças para colocar um representante paranaense no órgão: O único paranaense a ocupar o cargo de ministro do Supremo foi o lapeano Ubaldino do Amaral. Isto aconteceu em 1894. Está mais do que na hora do Paraná ter um ministro que seja a imagem do nosso povo. Não tenho dúvidas de que Fachin é uma autoridade a altura do cargo. Estamos falando de um jurista brilhante, dono de um currículo notável. Solicito à mesa diretora da casa que crie uma moção de apoio para que possamos conseguir o maior número possível de assinaturas dos meus colegas, suprapartidariamente. Aproveito também para pedir mobilização da sociedade civil organizada em prol da candidatura de Luiz Edson Fachin a ministro do STF, disse.

Leprevost recebeu, imediatamente, o apoio do deputado Agostinho Zucchi e teve seu pronunciamento elogiado pelo presidente da Casa, deputado Nelson Justus. Acredita-se que a vaga aberta com a morte de Menezes Direito deve ser preenchida nas próximas semanas, por decisão do presidente Lula.

Para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal, o candidato precisa, primeiramente, ser indicado pelo presidente da República, tendo correspondido aos crivos de reputação e capacitação jurídica. Após esta etapa, o futuro ministro passa por uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e é aprovado pelos senadores. É raro eu concordar com o governador, mas, neste caso, não tenho dúvidas de que o Dr. Fachin é um homem íntegro, culto, detentor de grande saber jurídico e de notável prestígio em todas as esferas da República. Temos que deixar a autofagia de lado e encampar com todas as forças políticas do Paraná essa sugestão lançada pelo governador, afirma Ney.

Acesse uma das obras de Fachin e seu currículo: http://www.esmafe.jfpb.gov.br/Pdf_Noticias/As_internitencias_da_vida.pdf

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =