NEY PEDE CELERIDADE PARA OBRAS DO AEROPORTO AFONSO PENA

A lentidão na liberação das obras de modernização do Aeroporto Afonso Pena levou o deputado Ney Leprevost a pedir assinatura do Governador Beto Richa no decreto que declara de utilidade pública as áreas residenciais e industriais a serem desapropriadas no entorno do Aeroporto Afonso Pena para que o plano de obras do principal aeroporto paranaense possa ser concretizado.
Somente com esta etapa da desapropriação autorizada é que será possível continuar o plano de obras necessárias para a modernização do Aeroporto Afonso Pena:
• Construção da terceira pista
• Reforma e ampliação do terminal de passageiros
• Ampliação do pátio de aeronaves
• Ampliação do terminal de cargas
• Construção do edifício garagem
• Instalação do equipamento ILS categoria 2
• Área para hangares de aviação executiva
• Ampliação do estacionamento
A terceira pista luta antiga dos paranaenses é imprescindível para que o Aeroporto Afonso Pena possa receber aeronaves de grande capacidade de carga como o Boeing 747, que hoje não podem pousar nem decolar com sua capacidade máxima de carga e o tanque de combustível cheio, pois falta extensão de pista de rolagem para a aceleração ou frenagem necessária ao peso transportado.
A terceira pista não é só para o conforto dos passageiros, mas é principalmente para melhorar a movimentação econômica do Estado e aumentar a capacidade de escoamento de cargas que hoje saem do Paraná por via rodoviária em vez de por via aérea, sobrecarregando nossas estradas já sucateadas com um pesado trânsito de caminhões, justifica Leprevost.
Com recursos já alocados no orçamento do Estado e contando com aportes federais vindos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), Ney espera que as obras iniciem o quanto antes.
O empresário Walmor Weiss, que tem mobilizado o apoio da sociedade para que as obras do Afonso Pena aconteçam, também defende a necessidade de urgência no decreto.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 11 =