Ney quer a derrubada do veto de Requião à lei que garante mamografia gratuita para mulheres acima de 40 anos

O presidente da Comissão de Saúde, Ney Leprevost, em sessão plenária desta segunda-feira, cobrou da mesa executiva da Assembléia Legislativa, que seja colocada em pauta, a derrubada do veto do ex-governador Roberto Requião, à lei que garante a mamografia gratuita para todas as mulheres acima dos 40 anos, a ser realizada em todas as cidades pólo do Paraná.
Ney ficou ainda mais preocupado com esta situação depois de assistir a reportagem exibida pelo Programa Fantástico, que mostrou a dificuldade das mulheres em fazer uma mamografia pelo Sistema Único de Saúde, em vários estados do Brasil.
Foi constatada a má distribuição dos Mamógrafos pelos estados e também a falta de manutenção dos mesmos.
Em alguns estados os exames nem estão sendo marcados, pois os aparelhos estão quebrados.
Não podemos aceitar que mulheres não consigam realizar a mamografia ou tenham que esperar por meses. O câncer é uma doença traiçoeira e a demora na detecção e tratamento pode ser fatal, diz Ney Leprevost.
No Paraná, são registrados, em média, 339,42 casos de câncer de mama para cada 100 mil habitantes.
Segundo o Tribunal de Contas da União, existem cerca de 1.600 mamógrafos na rede do Sistema Único de Saúde, mas apenas 900 estão disponíveis a população. Isto se deve a má distribuição e a falta de manutenção dos mesmos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − sete =