UFPR APOIA PROPOSTA DE NEY LEPREVOST PARA REATIVAR “EXPOTIBA” NO PARQUE CASTELO BRANCO

Durante reunião na Assembléia Legislativa,  nesta terça-feira, para tratar  da reativação   da Feira Internacional da Indústria e Agropecuária – Expotiba no Parque Castelo Branco,  ficou decidido que grupo de técnicos  coordenado  pelo professor Luiz  Lucchesi, presidente da Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná,  tem o prazo de 60 dias  para apresentar um  plano de reativação da  feira agropecuária.

A reunião promovida pelo deputado Ney Leprevost  presidente da Frente Parlamentar de Defesa dos Empresas e Empregadores de Turismo,  Restaurantes, Hotéis e similares  e da Comissão de Esportes contou com presença de representantes da área agropecuária do Paraná, dirigentes  de entidades de classe  e representantes dos governos estadual e municipal.

APOIO OFICIAL DA UFPR

Na ocasião,  Luiz Lucchesi, que também é professor do Departamento de Solos e Engenharia Agrícola da UFPR comunicou oficialmente  ao deputado Ney Leprevost, que a  Universidade Federal do Paraná/UFPR  apoia o movimento para reativação da Expotiba,  colocando a disposição os setores afins para auxiliar no projeto.

Já o presidente do Centro Paranaense de Referência em Agropecuária-CPRA, João Carlos Zandoná também manifestou  apoio pois  temos a certeza que podemos ajudar na retomada do Parque Castelo Branco com a Expotiba.

 Toda esta ação deve estar balizada de forma sustentável em todos os seus aspectos para que o pólo seja referência para que continuemos a produzir tecnologias e alternativas para a produção de alimentos seguros e saudáveis ,disse.

Enquanto isso, o professor Luiz Lucchesi  salientou no encontro que o resgate da Expotiba tem como estratégia para  educar o meio urbano sobre a importância da agricultura e do agronegócio. Lembrou Lucchesi que recentemente  esteve  com o ex-governador Paulo Pimentel, fundador do Parque Castelo Branco, que ficou entusiasmado com a possibilidade de se retomar o Parque dentro de um enfoque moderno para o atendimento das demandas da atualidade.

Ao abrir o encontro,  o  deputado Ney Leprevost,  que iniciou movimento visando a reativação da Feira Internacional da Industria e Agropecuária  Expotiba , a mostra foi considerada um dos mais conceituados eventos paranaenses com  repercussão nacional e internacional. A reativação da Expotiba que sempre o foi marco da realização de grandes negócios e palco de mostra das potencialidades econômicas do Estado, também poderá ser um  atrativo turístico.

PRESENÇAS

Estiveram presentes ao encontro nesta terça-feira, José Tarcisio Filho, assessor da  SEAB; Luiz Lucchesi, presidente da Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná; Rafael Slaviero Abrão, da Associação dos Criadores de Gado Nelore; Alo Guimarães Neto, presidente da Associação dos Criadores de Búfalo do Paraná; Ugo Rodacki, Federação Paranaense das Associações de Criadores (FEPAC); Cesar Pascoalin, presidente  do Sindicato de Médicos Veterinários do Paraná; Natalino Avance de Souza, diretor da Emater  e da  Associação dos Engenheiros Agrônomos; Edimar Leduc, Secretaria da de Estado de Agricultura e Abastecimento, representando o Secretário Norberto Ortigara; Rodrigo Swinka, Secretaria de Estado de Esporte e Turismo; Eduardo Ruvinski, Associação de Gado Holandês; Aureliano Menarin, diretor executivo do Conselho Estadual de Sanidade Agropecuária; Celso Fernandes, Assessoria Técnica Nucle  Seab; Sergio Guariente, gerente Regional da Emater; Roseli Vaz, presidente da Associação Curitibana  de Croche; Nicolas Guelmann, Instituto Curitiba de Turismo; Luiz Fernando Brondani, Coordenador  da Pecuária de Corte da Emater;  Rogério Rocha Loures, vice-presidente da Associação dos Criadores de Búfalo; Eduardo Bicudo Souza, Secretaria de Esporte e Turismo; Nelson Correa, Associação Paranaense  dos Criadores de Cavalos Appacoosa; Eduardo Pimentel, Diretor da Ceasa;  Ligio Isfer, vice-presidente do Sindicato Rural de Palmeira; Lourival Ulig, Sindicato dos Médicos Veterinários do Paraná; Nilceu Nazareno, coordenador do IAPAR; Fabio Aguayo, presidente da ABRABAR e  Marcio Miranda,  Centro Paranaense de Referencia em Agropecuária-CPRA.  

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − um =